Mercado de Ações: Ibovespa 200 mil Pontos! Quando?

Mercado de Ações: Ibovespa 200 mil Pontos! Quando?

Hoje o Ibovespa fechou na marca de 85 mil pontos, pico mais alto dos últimos oito anos e renovando recordes históricos. Quem seguiu o ditado “sell in may and go away” (venda em maio e vá embora) ainda estaria perdendo 10% em quase 9 anos. Entretanto, quem investiu no Ibovespa embolsou gordos 39% em 2016 (comparado à módicos 14% do CDI no mesmo período).

Muito importante observar que grande parte da alta do Ibov em 2016 foi impulsionada pela alta das ações da Vale, Petrobras e do setor financeiro que tem grande peso no Ibov. Não troquemos alhos por bugalhos. Não estamos aqui recomendando a compra dessas ações acima, pois elas podem não ir tão bem. Se você ainda não investiu em ações tenha calma, a festa está apenas começando! O ambiente econômico atual é muito mais favorável com uma excelente equipe econômica (Henrique Meirelles como Ministro da Fazenda, Illan Goldfajn como presidente do Banco Central e Pedro Parente como presidente da Petrobras). Não somos peemedebistas, psdbistas ou petistas (talvez um pouco farristas), mas contra fatos não há argumentos. Lembra? Ibov 40.000 pontos! Esse trio “MSN” (Messi, Soares e Neymar) está conseguindo controlar a inflação (meta de 4,5%), reduzir a taxa de juros (Selic de 8,5% em Mar/18) e recuperar a quase falida estatal de petróleo.Temos ainda mais ventos muito favoráveis como a recuperação do crescimento do PIB no final de 2017, taxa de câmbio mais baixa (R$3,00/USD) e a recuperação do preço do minério de ferro e de outras commodities. Ainda por cima, o presidente Temer nos deu de presente a liberação do FGTS de contas inativas a partir de março de 2017.Tudo isso é muito positivo para o mercado de ações e os estrangeiros já estão vendo isso, segundo a Bovespa houve forte entrada de capital estrangeiro na bolsa brasileira: US$ 6,3 bilhões em jan/17 (versus retirada de US$ 14 bilhões em 2016).

A pergunta de um milhão de dólares é: até quanto pode subir o principal índice de ações brasileiro daqui para frente? Pergunta difícil sem dúvida, mas acreditamos que o Ibov poderá subir incríveis 50% e bater em 100 mil pontos no final de 2018. Bancos de investimentos como JPMorgan e UBS estimam que o Ibov poderá atingir entre 90 e 95 mil pontos no final de 2018 (alta de 12%/15%). 

A R&F Partners projeta que daqui para a frente as ações de “small caps” (segunda linha) podem garantir melhores ganhos no futuro. Essas ações são menos líquidas, tem menor valor de mercado e são menos acompanhadas pelo mercado/investidores. Trocando por miúdos, é aquela menina que não era tão bonita no colégio mas que depois na faculdade virou campeã de curtidas no Instagran. Além disso, ficam “atrasadas” e as suas cotações demoram mais reagir do que as “blue chips” (grandes companhias como Itaú, Vale e Petrobras). O índice das ações se segunda linha já subiu 15% desde o começo de 2018, comparado ao desempenho de +7% do Ibov. Com a queda da taxa de juros, está na hora de aumentar o apetite por risco e aumentar os investimentos em renda variável em 2017. Os fundos de ações representavam apenas 4,5% do total de recursos em fundos de investimento no final de 2016 (comparado com 8%-9% entre 2002 e 2004). Acreditamos que existe muito potencial de fluxo de investimento para ações daqui para frente.Resumo: Pedimos desculpa pelo termo a seguir. Mas a porrada vai ser grande!

Apresentamos um plano de ações (R$ 249/mês – válido apenas para 100 primeiras assinaturas) com foco em renda variável (ações) oferecendo os seguintes atendimentos personalizados:1) recomendações para investimentos em ações conforme o seu perfil de risco; 2) esclarecer eventuais dúvidas que você tenha sobre as empresas/mercado. 3) acompanhamento, análise da performance da sua posição e potencial de valorização futura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *