Consultoria Financeira

Papo de Mercado: A Super Quarta.

XXXX3

Estamos incluindo na carteira da casa XXXXXX Participações S.A. Recomendamos a compra de XXXX3, distribuído proporcionalmente entre XXXX3, XXXX3, XXXX3 e XXXX.

Cockpit do Copom: corte de 0,50 p.p. à vista

  • O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) volta a se reunir na semana que vem. As projeções de inflação do Copom no cenário de mercado (que inclui câmbio e taxa de juros de acordo com a pesquisa Focus) devem continuar em 3,6% e 3,9% para 2019 e 2020, respectivamente. No cenário de referência (que considera câmbio e juros constantes), as estimativas devem permanecer em 3,6% em 2019 e recuar para 3,6% para 2020 (ante 3,7%).
  • Acreditamos que a evolução do cenário passou a ser consistente com um início de ciclo mais intenso, com corte de 0,50 p.p. já na reunião da próxima semana: além da aprovação da reforma da previdência com ampla margem de votos e impacto fiscal maior que o esperado, nas últimas semanas se consolidou a perspectiva de que o banco central americano deve fazer um corte de 0,25 p.p. ao final deste mês, poucas horas antes da decisão do Copom.
  • Olhando mais à frente, esperamos que a queda de 0,50 p.p. da taxa Selic no dia 31 de julho seja seguida por outros dois cortes de mesma magnitude nas reuniões de setembro e outubro, levando a taxa básica de juros ao patamar final de 5% a.a. antes do fim desse ano.

Reequilíbrio fiscal depende de reformas

  • O setor público consolidado registrou déficit primário de R$ 12,7 bilhões em junho, um pouco pior que a nossa projeção e o consenso de mercado (em R$ 11,6 bilhões e R$ 11,1 bilhões, respectivamente). O governo central registrou déficit de R$ 11,5 bilhões, pela metodologia do Tesouro Nacional (a partir da diferença entre receitas e despesas), melhor que a nossa expectativa de R$ 13,0 bilhões, em razão de menores gastos discricionários, mas de R$ 12,2 bilhões pela metodologia do Banco Central (a partir apenas da variação na dívida líquida do governo central), frente nossa expectativa de R$ 11,6 bilhões.
  • A distorção entre as duas métricas é comum nos dados mês a mês, mas tende a se anular ao final do ano. Governos regionais e estatais registraram déficits de R$ 0,1 bilhão e déficit de R$ 0,4 bilhão, frente nossa expectativa de resultado balanceado para ambos. No acumulado em 12 meses, o déficit primário consolidado permaneceu em 1,4% do PIB.
  • Acreditamos que o cumprimento da meta de resultado primário do ano de déficit de R$ 132 bilhões para o setor público exige disciplina, mas não deve constituir grande desafio, principalmente se houver sucesso no leilão dos campos de petróleo da cessão onerosa, previsto para novembro, que pode melhorar o resultado primário do ano em cerca de R$ 52 bilhões (0,7% do PIB).
  • A dívida líquida do setor público cresceu de 54,7% para 55,2% do PIB entre maio e junho, enquanto a dívida bruta do governo geral ficou estável em 78,7% do PIB no mesmo período. No acumulado em 12 meses, o déficit nominal, excluindo swaps, recuou de 6,8% para 6,6% do PIB. Um cenário fiscal favorável é estritamente dependente da aprovação de reformas, como a da Previdência, que sinalizem o retorno gradual a superávits primários compatíveis com a estabilização estrutural da dívida pública.

INCLUÍMOS UMA AÇÃO COM PROJEÇÃO DE ALTA DE MAIS DE 80% EM 2019. RECOMENDAMOS A COMPRA IMEDIATA DE XXXX3!

O retorno bruto da carteira R&F Partners acumulou 14,71% (somado as operações do Trade Cash + proventos sobre dividendos) no acumulado de 2018 (fechamento 31/07/2019), comparado ao retorno de 12,22% para o Ibovespa no mesmo período. Isso equivale a dizer que a carteira R&F Partners, concentrada em poucas ações, apresentou retorno +2,49% superior ao seu principal índice de referência.

Trade Cash todas as semanas com recomendações de operações day trade, swing trade, futuros e derivativos!

ATENÇÃO ÀS RECOMENDAÇÕES DE CURTO PRAZO DO TRADE CASH!

www.rfpartners.com.br

contato@rfpartners.com.br

Telefone (11) 3253 2997

WhatsApp (11) 9 6098 7550

R&F Partners Investment Solutions

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *