Consultoria de Investimentos

Papo de Mercado: Previdência é o Principal Desafio.

IPCA-15 sobe 0,30% em janeiro, um pouco abaixo do esperado

  • O IPCA-15 registrou variação de 0,30% em janeiro, um pouco abaixo da nossa estimativa e da mediana das expectativas de mercado (ambas em 0,35%). Os maiores desvios em relação às nossas previsões vieram em alguns preços industriais, com destaque para resultados mais fracos de vestuário e cuidados pessoais.
  • As maiores contribuições de alta no mês vieram dos grupos alimentação e bebidas (0,22 p.p.), saúde e cuidados pessoais (0,08 p.p.) e despesas pessoais (0,05 p.p.). No sentido contrário, destaque para a contribuição de baixa do grupo transportes (-0,09 p.p.), ainda refletindo quedas nos preços dos combustíveis. A nossa projeção preliminar para o IPCA de janeiro aponta variação de 0,40%, com a taxa em 12 meses subindo para 3,86%.

Reformar a Previdência é o principal desafio do novo governo

  • O cumprimento das regras fiscais do teto de gastos e da meta de resultado primário exige disciplina, mas não deve constituir desafio maior em 2019. A regra de ouro deve ter desequilíbrio significativamente menor que o previsto no orçamento e seu descumprimento deve ser autorizado pelo Congresso Nacional.
  • Em um cenário mais favorável, com rápido avanço da agenda de receitas extraordinárias, menor execução de despesas e devoluções adicionais do BNDES ao Tesouro, o resultado primário pode ser ligeiramente positivo e a dívida pública recuar temporariamente em 2019.
  • Para que a melhora fiscal seja permanente, a aprovação de uma reforma da Previdência e a redefinição das regras de reajuste do salário mínimo e dos salários dos servidores públicos serão os principais desafios fiscais do 1º ano do novo governo.
  • Esperamos a aprovação de uma reforma da Previdência com impacto fiscal semelhante à que tramitou nos últimos 2 anos no Congresso Nacional. Além disso, o envio da LDO de 2020 em 15 de abril será um marco importante para estes dois temas seguintes, sinalizando o comprometimento do novo governo com o reequilíbrio fiscal e, em especial, com o cumprimento do teto de gastos em 2020, quando o cenário poderia se mostrar mais desafiador.

Duas Ações Para Comprar Agora Em Janeiro. Saiba Quais!

http://www.rfpartners.com.br/

O retorno bruto da carteira R&F Partners acumulou 4,38% (somado as operações do Trade Cash + proventos sobre dividendos) no acumulado de 2018 (fechamento 23/01/2019), comparado ao retorno de 9,27% para o Ibovespa no mesmo período. Isso equivale a dizer que a carteira R&F Partners, concentrada em poucas ações, apresentou retorno -4,89% superior ao seu principal índice de referência.

Trade Cash todas as semanas com recomendações de operações day trade, swing trade, futuros e derivativos!

ATENÇÃO ÀS RECOMENDAÇÕES DE CURTO PRAZO DO TRADE CASH!

www.rfpartners.com.br

contato@rfpartners.com.br

Telefone (11) 3253 2997

WhatsApp (11) 9 6098 7550

R&F Partners Investment Solutions

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *