Cenário Favorável

O crescimento global deve permanecer em 3,8% em 2018. O crescimento nos países desenvolvidos deve continuar um pouco acima de 2,0%. Na China, a desaceleração deve ser moderada de 6,8% para 6,3%.

Excluindo a China, o crescimento dos mercados emergentes deve se tornar mais amplo e acelerar para 4,2% (de 3,7%). Com o crescimento se mantendo acima do potencial nos países desenvolvidos, o hiato do produto se tornará positivo, levando a uma normalização gradual da inflação, particularmente nos EUA, embora haja pouco risco de a inflação ultrapassar as metas do banco central este ano.

Os bancos centrais dos mercados desenvolvidos usarão a recuperação global para garantir a convergência da inflação para 2% (ou um pouco acima disto) e, consequentemente, remover os estímulos monetários de forma gradual. Um ajuste no quadro de política monetária é um movimento cada vez mais plausível nos EUA.

O crescimento econômico global disseminado, a inflação moderada e a cautela sinalizada pelos bancos centrais apoiam uma volatilidade baixa, preços de ativos de alto risco e fluxos de capital para os mercados emergentes. Viva o Brasil!

Roberto Ferreira/Victor Peixoto – R&F Partners Investment Solutions

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *