A História da Análise Gráfica e Técnica do Mercado de Ações

A história da análise gráfica e técnica surgiu por volta do século XVIII com Munehisa Homma (1724) em Sakata no Japão após ele herdar os negócios de sua família com a morte de seu pai. Munehisa teve respaldo de sua família para que fizesse as análises de investimentos da forma que melhor lhe convinha na bolsa de arroz de Dojima.

Nas análises de investimentos, ele pesquisava as formas de negociação do arroz, os comportamentos dos preços, a liquidez que o mercado de investimentos apresentava na época e as condições climáticas para projetar possíveis níveis de oferta e a demanda de arroz. Munehisa utilizou o método de análise gráfica através de desenhos de velas brancas (alta) e de velas negras (baixa) para colocar todas essas informações no papel e conseguir investir na bolsa.

Com todo o conhecimento adquirido, ele passava recomendações de investimentos com base na análise gráfica e técnica entre o caminho de Sakata e Osaka fazendo com que homens ficassem posicionados no topo de construções e levantassem bandeiras que sinalizavam recomendações de compra e venda de arroz.

A partir das teorias e conhecimentos deixados por Munehisa surgiu a análise gráfica e técnica por meio de candlesticks que conhecemos hoje e utilizamos como base de conhecimento para investir nas bolsas de valores existentes pelo mundo.

Roberto Ferreira/Victor Peixoto – R&F Partners Investment Solutions

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *