Contrarian Call

Eduardo e Mônica: no caminho do bem

Eduardo abriu os olhos e motivado pelas boas intenções da sua família entrou numa boa escola onde se alfabetizou aos 7 anos de idade, rodeado de coleguinhas fofos. Aos 9 anos tinha aulas de natação duas vezes por semana. O mais perto que Eduardo chega da água hoje é observar a piscina da sacada do seu apartamento. Aos 10 anos recebia a faixa amarela do seu estimado professor de judô. Ah como Eduardo achava chato correr em volta daquele tatame. Aos 14 anos completava o ensino médio com notas altas e baixas expectativas. Aos 17 anos completava o segundo grau em uma conceituada escola técnica, sem utilizar até a presente data nenhuma técnica.

Leia Mais

Gol da Alemanha! Dessa vez não.

Brasil: De campeão do mundo até o 7X1: como voltar para a primeira divisão?

Final da Copa do Mundo de 2002: Brasil 2×0 Alemanha, Brasil pentacampeão mundial, euforia total. Aquela frase do Galvão em 94: pra que se mexer Taffarel! Então, porque mexer? Do ataque sai Fernando e entra Luís. Junho de 2008: o Brasil recebe o título de grau de investimento pela agência de avaliação de rating Standard & Poor’s (Perdoem, eles não sabem o que fazem – Lucas 23), momento marcado por: crescimento da economia (PIB), dívida fiscal e externa sob controle e risco país por volta de 200 pontos.

Leia Mais

Mercado de Ações: Ibovepa 100 mil Pontos! Quando?

Hoje o Ibovespa fechou na marca de 69 mil pontos, pico mais alto dos últimos cinco anos e a apenas 5% de alta para alcançar seu recorde histórico: 73.516 pontos em 20 de maio de 2008 (quando o Brasil ainda possuía o famoso grau de investimento). Quem seguiu o ditado “sell in may and go away” (venda em maio e vá embora) ainda estaria perdendo 10% em quase 9 anos. Entretanto, quem investiu no Ibovespa embolsou gordos 39% em 2016 (comparado à módicos 14% do CDI no mesmo período).

Leia Mais